quarta-feira, 4 de fevereiro de 2015

Toucinho do Céu

Olá a todas (os)! Esta é uma receita conventual, mesmo boa para adoçar a alma!!!

Toucinho do céu é uma das sobremesas tradicionais de Portugal e de Espanha. À base de ovos e açúcar, originou-se nos conventos, razão da denominação coletiva de doçaria conventual desta categoria de doces.
Consiste numa espécie de bolo feito com açúcar em ponto pérola ao qual se adicionam amêndoas moídas, por vezes, doce de gila e, finalmente, uma grande porção de gemas de ovos. O nome Toucinho do Céu deve-se ao facto de a versão original ter banha de porco como ingrediente. Faz-se em todo o país, com diferenças de região para região, sendo os toucinhos do céu mais afamados os de GuimarãesMurça e Trás-os-Montes.




Ingredientes:
18 gemas de ovo
500 g açúcar
150 g amêndoas falhadas
100 g doce de chila
2 claras de ovos
2 dl água
margarina
farinha

Preparação:
Leve a água ao lume com o açúcar e dixe ferver suavemente, cerca de 10 minutos, até obter ponto de pérola (quando se deixar escorrer a calda de açúcar na colher de pau, ver formar-se na ponta uma pequena "pérola").
Sem tirar do lume, adicione a amêndoa e o doce de chila, misture bem com a colher de pau e, sem deixar de mexer, deixe retomar fervura. Retire então do lume.
Abra os ovos e separe as gemas das claras. Misture 18 gemas e 2 claras(*), com um garfo e junte-lhes um pouco do preparado de açúcar e amêndoas, misturando muito bem.
Depois, junte tudo à restante calda de açúcar e mexa até estar tudo ligado. Leve de novo a lume brando, sem nunca deixar de mexer e retire do calor assim que começar a querer ferver.
Deite para uma taça e deixe arrefecer. Quando estiver quase frio, deite este preparado numa forma de mola, com cerca de 22 cm (diâmetro) com o fundo forrado com papel vegetal, muito bem untada e polvilhada com farinha.
Coza em forno moderado a 180ºc, durante 1 hora.
Desenforme e depois de frio, polvilhe com açúcar.

Momentos mágicos,
Filipa

Fonte: http://www.petiscos.com/
            http://www.easyportugueserecipes.com/

Sem comentários:

Enviar um comentário